MISSÃO

Atender nossos clientes com qualidade diferenciada, pautados na ética, no conhecimento crescente, no talento, na criatividade, por meio de uma atuação agregadora, transparente, com excelência e responsabilidade social, tendo como objetivo principal atingir resultados que representam a máxima satisfação destes.

VALORES

Merecer o reconhecimento da sociedade pela transparência e respeito nas relações com clientes, com as partes e com o Poder Judiciário; lealdade aos nossos clientes em nossa ação como advogados, atuando com ética e independência ao continuo desenvolvimento técnico, no sentido único de assegura a defesa dos legítimos direitos de nossos clientes, construindo, desta forma, relações sólidas de parcerias.

Apostilas

Apostilas que disponibilizamos para suas pesquisas jurídicas

Matérias Mamprim

Mantenha-se informado através de nossas matérias jurídicas

Legislação

Confira aqui os códigos e estatutos vigentes no Brasil

Vídeos

Vídeos selecionados para seu aperfeiçoamento profissional

Notícias da área Jurídica

07/12/2018 EMPRESARIAL – Comprador não é responsável por débito de ICMS gerado por vendedor que simulou enquadramento no Simples

A Primeira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) afastou a responsabilidade solidária das Lojas Americanas S.A. pelo pagamento de débito fiscal gerado por empresa que, ao vender produtos para a varejista, teria...

leia na integra

07/12/2018 CÍVEL – Palácio Guanabara pertence à União, decide STJ em ação que durou 123 anos

O Palácio Guanabara pertence à União, não cabendo indenização aos herdeiros da família imperial brasileira pela tomada do imóvel após a Proclamação da República, em 15 de novembro de 1889. A decisão é da...

leia na integra

06/12/2018 CÍVEL – Ampliação de colegiado admite rediscussão de todos os capítulos do processo

A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que a técnica de ampliação do colegiado em caso de julgamento não unânime de apelação, introduzida pelo artigo 942 do Código de Processo Civil de...

leia na integra

06/12/2018 CÍVEL – Em ação de alimentos, se o credor é capaz, só ele pode provocar integração posterior no polo passivo

Para a Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), nos casos em que a ação de alimentos for dirigida apenas contra um dos coobrigados, e o credor reunir plena capacidade processual, cabe a ele,...

leia na integra
Ver todas as notícias

Copyright 2017 © Desenvolvido por Jurisite